sábado, 4 de maio de 2013

Por um cheiro eu vou...

Por um cheiro eu vou a qualquer recanto da minha alma.
 
As vezes vou atraz da minha infância querida, da minha avó querida.
As vezs vou onde minha mente deixou,
na lembrança de um bom momento.
 
Tem coisa melhor do que cheiro de filho? Esta é uma marca que fica para toda a nossa vida. Somos capazes de lembrar de todos os momentos desta troca com nossas crianças.
 
Cheiro de pai que chega do trabalho. Este é um momento de que me recordo com meu pai. Hoje vejo que era um dos fios mais profundos que nos unia.
 
O cheiro. Ele nunca foi de fazer muito carinho. Nunca foi de passar a mão na cabeça, colocar no colo, fazer um afago.
 
Parecia as vezes, um estranho. Estranheza de pai.
 
A vida também é capazde separar os caminhos que um dia Deus uniu como no caso da relação de um pai com seu filho.
 
Repentinamente, aparece uma bifurcação e os caminhos se separam.
 
As vezes,
para sempre!

2 comentários:

  1. Que bonito! Muito profundo e sincero. Parabéns, amigo!

    ResponderExcluir
  2. Obrigado minha filha! Tenho aprendido muito com você, com sua sensibilidade. Todas as pessoas sempre disseram para mim que quando eu tivesse uma filha, eu seria o pai mais babão da face da Terra.
    A filha veio em um outro arranjo da vida.
    Um generoso presente que Deus me deu e do qual tenho muito orgulho.
    Você é uma menina muito especial!

    ResponderExcluir