sexta-feira, 29 de maio de 2015

Um amor...

http://awebic.com/pessoas/a-alegria-no-rosto-deste-cara-quando-ele-ve-como-sua-futura-esposa-sera-com-90-anos-e-indescritivel/#.VWcFiLaD3eI.facebook

e aí, Cristina Bastos? Preparada? hehehehe!!!
Pois é, ontem eu estava revendo e relendo os cartões e bilhetes que você fez para mim nestes últimos 15 anos. Automaticamente fui relembrando em meu coração, todos aqueles que escrevi para você.
Principalmente daqueles coloridos onde gravei meu nome e telefone na esperança de uma hora te entregar e poder falar com você.
Vi as fotos de nossos filhos. Luiz Felipe Azeredo Pedro Payá Bruna VieiraEm especial, os primeiros registros da escola do Pedro Payá.
Os primeiros traços, cores e desenhos.
Um filme bom passou na minha cabeça. O filme de nossa vida, de nossas viagens, das nossas aventuras e desventuras, choros e risos, brigas e reconciliações, surpresas e rotinas.
Você é tudo isto para mim. O amor da minha vida!
Um amor que não envelhecerá como nossos corpos.
Um amor que não vai falhar como as nossa memória.
Um amor que não vai...
acabar.
Ao te olhar daqui a 20, 30 ou quem sabe a 40 anos vou dizer exatamente o que este rapaz disse para sua noiva no futuro que visitou.
Se meus olhos falharem, te olharei com as lembranças vivas do meu coração.
Se meus ouvidos falharem, te escutarei no silêncio da minha lembrança mais profunda.
Se minhas pernas me faltarem ainda assim caminharei aos teus braços.
Se minha voz sumir te falarei com a paixão dos meus olhos.
SE eu não mais estiver aqui, você saberá certamente, que foi, é e será o amor da minha vida. De todas as vidas!
Te amo!


José Vicent Payá Neto

Nenhum comentário:

Postar um comentário