sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Realizações!

Faça o bem!
Faça sempre o bem!
Faça a todo instante, em todas as situações e em todos os contextos.
Fazer o bem pode ser contrariar.
Fazer o bem pode ser calar.
Fazer o bem pode ser negar.
Fazer o bem pode ser tudo aquilo que traga o bem estar, a boa conversa, o bom diálogo, as boas emoções, os bons pensamentos e as boas energias.
Fazer o bem é estar no reto caminho da senda espiritual.
Fazer o bem é antes de tudo mostrar a si próprio o que é certo e o que é errado.
O que colabora e o que não colabora com e para a vida.
Fazer o bem é celebrar junto com a natureza o avanço de todas as formas de vida no desenvolvimento da vida, da forma e da consciência.
Somos feito grãos!
Cabemos na palma da mão.
Temos um destino e infinitas possibilidades.
As escolhas serão sempre nossas ainda que a vida não nos deixe escolhas.
Uma porta que se abre, uma janela que se escancara, um teto que desaba, um furacão que passa.
Nada é constante. Toda mudança é contínua.
Tudo nos transforma. Seja no silêncio da nossa alma. Seja no ruído de nossa lamentação.
Obstáculos, pontes, trilhas e atalhos.
Caminhada. Caminhos. Caminhantes.
Ganesha nos acompanha livrando-nos das árvores que caem na nossa frente ou mostrando que não estão ali por acaso.
Será preciso serrá-las, arrumá-las e colocá-las na beira da estrada.
Pode ser que um andarilho que passe pela mesma estrada possa necessitar delas para se aquecer em uma noite fria.
Cada obstáculo superado é uma nova possibilidade que se abre no universo.
Uma estrela que desponta no universo e brilha intensamente na galáxia.
Estrela guia que nos conduz e mantém no caminho do bem.
Do Bem estar e da Fraternidade.
Nossa jornada ou nesta jornada, não estamos desamparados e sozinhos.
Somos todos,
um só!

José Vicent Payá Neto

Nenhum comentário:

Postar um comentário